Vocalista do grupo “Molejo” é acusado de estupro por Mc

O vocalista do grupo Molejo, Anderson Leonardo, foi acusado de estupro por um rapaz, de 21 anos.

Anderson Leonardo seria empresário da vítima, que tenta carreira de MC, e teria chamado o jovem para uma conversa em particular.

Segundo informações, o jovem foi chamado por Anderson para uma reunião de trabalho e no caminho desviou o caminho para um motel, o caso aconteceu no dia 11 de dezembro.

Logo após o crime, o jovem foi até a 33ª Delegacia de Polícia do Rio (Sulacap) para registrar o boletim de ocorrência sobre o caso.

Nesse ínterim, o caso foi revelado nesta quarta-feira (3) pelo programa A Tarde é Sua.

Ao chegar ao quarto, o vocalista teria tirado as roupas e teria dado dois tapas na cara do jovem, que chorava e dizia ainda ser virgem.

A vítima contou que Anderson o jogou na cama dizendo: “Não chora seu filha da puta, sua vagabund* piranh*”.  O rapaz então disse que era virgem e Anderson respondeu. “Puta não é virgem”.

Segundo relato do jovem no boletim de ocorrência, em determinado momento do abuso, ele teria desmaiado. Ao acordar, o jovem disse que Anderson Leonardo o teria obrigado a fazer sexo oral. “Se me morder eu te mato”, teria dito o cantor.

Machucado e constrangido, o MC diz ter tomado banho e pedido para ir embora. Anderson Leonardo teria dito que não sabia se era “sorte ou azar” ter tido relação com o jovem aos 48 anos após ser pai aos 47.

Os dois teriam deixado o local e o jovem teria sido abandonado na rua. À polícia, o jovem disse que teria a cueca usada no dia em que houve o abuso com manchas de sangue e, também, com sêmen do cantor.

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *